MISSÃO ECONOMICA

Já imaginou? Uma viagem empreendedora para a China, com profissionais do mundo todo, conhecendo e entendendo a realidade de um dos maiores polos tecnológicos do mundo? Vai acontecer e você pode fazer parte disso.

Com o intuito de conhecer o Ecossistema de Startups e inovação tecnológica na China e o seu ambiente de negócios, que é um dos mais avançados do mundo, a Zohar organiza mais uma Missão Economica, que levará profissionais para conhecer parques tecnológicos da China, como FinTechs e LawTechs, participar da feira de eletrônicos HKTDC em HongKong, visitar a Canton Fair – maior feira do mundo e muito mais!

A viagem conta com 10 dias de duração, visto que tem a partida na Quinta, 10 de Outubro, e retorno no Domingo, 20 de Outubro. O roteiro, portanto, é inteiramente pensando para proporcionar uma inserção na cultura tecnológica do país, que é uma referencia para o mundo.

Ademais, vamos conhecer um pouco mais sobre as cidades que serão visitadas nessa viagem empreendedora e esse roteiro?

HONGKONG

hongkong

Como um dos principais centros financeiros internacionais, Hong Kong certamente tem uma grande economia de serviço capitalista caracterizada pelo baixo nível de impostos e pelo livre comércio, sendo que a sua moeda, o dólar de Hong Kong, é a oitava mais negociada no mundo. Segundo o Banco Mundial, a economia da cidade é a 30ª do mundo.

O quarto dia de viagem, portanto, conta com uma visita super legal nessa cidade: a Feira de Eletrônicos Hong Kong – Electronics Fair (Autumn Edition) HKTDC, que possui cerca de 3.700 expositores divididos nas áreas de novas tecnologias, startups, impressão 3D, inteligencia artificial, robótica, realidade virtual, e-Sports e muito mais, algumas das empresas que vão expor na feira são: Office of the Government Chief Information Officer (OGCIO), Airport Authority Hong Kong, além disso, Alibaba Cloud, Automotive Parts and Accessory Systems R&D Centre (APAS), Cisco, Microsoft, e Smart City Consortium.

MAIS UMA PARADA DA VIAGEM EMPREENDEDORA

CIDADE

Foi a primeira cidade chinesa a abrigar uma zona econômica especial, implementada pelo governo chinês em 1979 e que transformou radicalmente a cidade, fazendo sua população crescer mais de 5000% nesses últimos 33 anos, e sua economia, mais de 9000% desde então.

De fato, o poderio econômico e influencia populacional hoje apresentada por Shenzhen — figurando hoje como um dos principais centros financeiros, urbanos, culturais e administrativos da China atual — é fruto do investimento estrangeiro, baseado na política da “abertura para o Ocidente”.

Famosa por Constar 5 Grandes Empresas de Tecnologia da China Moderna – Huawei, Tencent, BYD, DJI e SenseTime.

Na Segunda Feira, dia 14, é dia de visitar duas empresas muito igualmente inovadoras:

1- A BYD que fabrica carros, bicicletas, ônibus e caminhões elétricos, e é, antes de mais nada, a maior fabricante do mundo nessa área.

2- a SENSE TIME: empresa Chinesa de Inteligência Artificial e Reconhecimento Facial, aliás muito conhecida por sua aplicação junto com alta tecnologia. Exemplo de um Unicórnio Chinês – considerada a empresa mais moderna de A.I. no mundo.

GUANGZHOU

GUANGZHOU

Com 15 milhões de habitantes, a cidade figura como a terceira maior cidade da China, depois de Xangai e Pequim, e, portanto, um dos maiores centros industriais, administrativos e financeiros do país. Guangzhou é o principal centro manufatureiro da região do rio Zhu Jiang, e um dos principais centros industriais e comerciais da China.

Posteriormente, na Terça, já em Guanzhou, é dia de conhecer a Canton Fair, ou China Import and Export Fair, uma feira realizada todos os anos entre abril e outubro pelo Ministério do Comércio chinês. Inaugurado, portanto, em maio de 1957, a Feira é um evento importante para a cidade. Essa é a maior feira de exportação e importação do mundo.

HANGZOU

hangzou

Hangzhou é capital da província de Zhejiang. É um porto no rio Fushun, perto de Shanghai. Tem cerca de 6,3 milhões de habitantes, e é um centro ferroviário, industrial e turístico importante, a economia de Hangzhou tem se desenvolvido rapidamente desde 1992, de forma que se tornou, posteriormente, uma cidade industrial com diversos setores econômicos, como na indústria alimentícia, agricultura, Indústria têxtil. Considera-se, em suma, uma importante base de produção e centro de logística para a o sul, sudoeste e noroeste da China. Hangzhou ficou muito famosa, antes de mais nada, por ser a sede do e-commerce mundial Alibaba e por ter forte incentivo para Startups com a Dream Town/ Internet Village

A visita a essa cidade é, sobretudo, cheia de outros lugares muito importantes:

DREAM TOWN/ INTERNET VILLAGE: Conhecer o Dream Town/ Internet Village – Ecossistema físico de Startups e Tecnologia com a finalidade de promover o empreendedorismo Chinês.

PING PONG – Fintech Internacional: Conhecer esta startup Fintech, que não só é um unicórnio Chinês, bem como desenvolve soluções de pagamentos de e-commerce.

NIHUB: Visita ao Hub Internacional de Startups com a finalidade de conhecer esta Aceleradora de Startups que faz, principalmente, a ponte entre Startups ocidentais que querem entrar na China.

SHANGHAI

CIDADE DE SHANGAI

É a maior cidade da China e, portanto, uma das maiores áreas metropolitanas do mundo, com mais de 24 milhões de habitantes. Localizada, assim, na costa central da China oriental, na foz do rio Yangtze, a cidade é administrada como um município chinês, com estatuto de nível de uma província. É, sem dúvidas, o maior centro comercial da China e um dos cinco maiores centros financeiros do mundo. A bolsa de Valores de Shanghai ficou em terceiro lugar entre as bolsas de valores. o Porto de Shanghai é o mais movimentado do mundo.

A gente chega aqui, sem dúvida, já tristes com os últimos dias dessa viagem empreendedora, porém animados para essas visitas que ficaram para o final:

THE X-NODE SHANGHAI – Vamos visitar essa aceleradora de Startups e centro de inovação com o intuito de conhecer mais sobre o modelo de Startup e Empreendedorismo na China.

ZHANGJIANG HIGH TECH ZONE – Parque Tecnológico: Com o intuito de visitar ao Parque Tecnológico Zhangjiang High Tech Zone – todo este distrito é composto, primordialmente, por incubadoras e aceleradoras de startups. Vamos Conhecer, em primeiro lugar, os modelos de Parques Tecnológicos chineses, dentro da cidade de Shanghai e suas interações com o ecossistema de empreendedorismo local, além de visitar às Incubadoras e Aceleradoras DARE, KUNG-FU e WECAN

TECHCODE SHANGHAI: Outra aceleradora muito legal, uma vez que faz parte de um network com filiais em outras grandes capitais e centros de inovação.

GOSTOU DA IDEIA DE UMA VIAGEM EMPREENDEDORA?

Em suma, deu para perceber que não é apenas um passeio né? Uma viagem empreendedora é uma aula de campo! Primordialmente, uma visita a realidade que tanto temos comentado no cenário empreendedor e tecnológico nos dias atuais. Sem dúvida, a mala voltará cheia de muito conhecimento e novas ideias.

Curtiu? Entre em contato com os organizadores!

contato para viagem

Deixe um comentário

× Entre em contato AGORA!